terça-feira, 13 de setembro de 2016

Nenhum comentário

UTILIZANDO O LIGHTROOM ONLINE

Muitas vezes eu já ouvi dizerem que acham o editor Lightroom muito produtivo, porém um pouco difícil de usar, devido as suas várias ferramentas. Diante à isso, resolvi fazer um post tentando explicar um pouco sobre o editor, que tem como principal função usar ferramentas para editar suas fotos, mesmo não deixando de possuir outros meios de edição, como o uso de efeitos, por exemplo.

Nesse post, iremos falar e tentar explicar um pouco do editor que já conquistou várias pessoas, usando a versão online para Desktop. Vem comigo, contagiador?

Passo 1:

Antes de qualquer coisa, você deverá abrir seu navegador e entrar no site oficial do Adobe Lightroom, você pode fazer isso colando o link abaixo na sua caixa de pesquisas ou simplesmente clicando aqui.

Link: https://lightroom.adobe.com/

Para iniciar, iremos clicar em "Experimente na Web", esse botão marcado em vermelho na imagem abaixo.


Passo 2:

Para usar o Adobe Lightroom, você precisará criar uma conta, isso é rápido e simples, basta preencher os campos apresentados.

Caso entre direto na página para fazer login, clique em "Adquirir uma Adobe ID", marcado em vermelho na imagem. Você será redirecionado para a página de inscrição.

Ao terminar, clique no botão "Inscrever-se". Concordar com os termos de uso e com a política de privacidade é necessário.


 

Caso já possua uma conta, você só precisará acessa-lá!



Passo 3:

Ao terminar sua inscrição, você será redirecionado para a página apresentada na imagem. Para começar, basta clicar em "Selecionar arquivos", marcado em vermelho na foto abaixo, e escolher as imagens que você deseja editar.



Passo 4:

Já com as fotos que deseja editar selecionadas, você deverá escolher a que irá editar no momento. Eu escolhi essa foto com a flor amarela para usar de exemplo.
Ao selecionar sua foto, clique em "Editar" no canto superior esquerdo da página, marcado em vermelho na imagem.



EDITANDO SUA FOTO COM OS AJUSTES:

Iremos começar pelo modo "Ajustar" do editor.



TRATAMENTO DE BRANCOS:

No tratamento de brancos, modificamos a temperatura e a coloração da foto.
Modificando-os, podemos escolher entre deixar a foto com um aspecto mais "frio", usando tons como azul ou verde, ou mais "aconchegante", usando tons como vermelho, laranja ou amarelo.

Nessa etapa da edição, houve pouca modificação na temperatura da foto.


TOM:

Nessa etapa da edição, modificamos exposição, contraste, realces, sombras, brancos e pretos na foto. Com essas ferramentas, podemos alterar a iluminação de uma foto, contraste, intensidade de alguns aspectos, etc... Dando um toque mais (ou menos) profissional à foto.

Nessa etapa da edição, houve mais alterações no contraste e no equilíbrio de pretos da foto, a exposição foi um pouco diminuída, assim como os realces. Além disso, houve uma elevação nas sombras. O resultado está na imagem abaixo:


PRESENÇA:

Em "presença", temos claridade, vibratilidade e saturação.
Modificando a claridade da foto, podemos controlar um pouco de sua cor, além de deixar detalhes mais, ou menos, nítidos.
Ao modificar a vibratilidade e a saturação da foto, podemos realçar e mudar suas cores. Nessa etapa, devemos ter cuidado para não exagerar.

Nessa edição, diminuímos a claridade e aumentamos a saturação. O resultado foi o seguinte:


COLORIDO/P&B:

Nessa etapa, é possível controlar a matriz, saturação e luminância de uma foto controlando suas cores.

Nesse aspecto, essa foto não teve muitas mudanças.


TOM DE DIVISÃO:

Em tom de divisão, podemos alterar a saturação dos realces e das sombras utilizando de várias cores que podem modificar a imagem, além de poder alterar o equilíbrio entre elas.

Nessa etapa da edição, eu aumentei a saturação da sombra e do realce utilizando um amarelo na matriz, para conseguir um amarelo mais vibrante na flor, além disso, aumentei o equilíbrio entre elas.
O resultado foi esse:


EFEITOS:

Essa é a última parte da edição na categoria "ajustes", nela podemos adicionar vinheta, granulação ou usar a opção desembaçar, ferramentas que muitas pessoas gostas, porém muitas detestam.

Nessa edição, eu adicionei um pouco de vinheta pós-corte com intensidade negativa e aumentei um pouco a intensidade da opção desembaçar. O resultado foi esse:



Terminamos assim a edição utilizando os ajustes. Nas fotos abaixo temos o antes e o depois, respectivamente:




EDITANDO COM O USO DAS PREDEFINIÇÕES:

As predefinições nada mais são do que efeitos já prontos, o editor não possui muitos, mas alguns deles são os apresentados abaixo. Para editar utilizando as predefinições, basta escolher a que mais lhe agradar na foto.
Eu editei essa foto utilizando o efeito "natural", disponível em "predefinições gerais".



A edição não modificou muito a foto, porém aqui está o resultado, o antes e o depois, respectivamente, dela:



CORTAR

Para cortes, não há muito segredo, basta escolher o tamanho da foto e cortar! É possível também alterar o ângulo, virar e girar a foto.
Um ponto alto do Lightroom é que ele não danifica muito a qualidade de uma foto ao cortá-la, assim como muitos editores fazem.


Observe abaixo um exemplo entre a foto original e a mesma foto, porém cortada pelo Lightroom, respectivamente:



Enfim, chegamos ao fim!
Espero que tenha gostado e que esse post tenha sido útil para você, comentem o que acharam!

sábado, 10 de setembro de 2016

[INSTAGRAM] APLICATIVOS PARA EDIÇÃO.

Olá, seja muito bem vindo à mais um post do blog.

Começaremos aqui uma sequência de posts onde trataremos das ferramentas que utilizamos para melhorar nosso desempenho no Instagram. Nos próximos posts você encontrará dicas de: organização, edições mais elaboradas, como lidar com padrões, números, o que não fazer e como lidar com várias situações.

Hoje, trataremos de edição, filtros, ajustes e cuidados no geral. Dando dicas de aplicativos que facilitam nossa vida, até transformando nossas fotos por completo. Nós, amantes do bom e velho efeito sabemos que existe um limite para tudo, por isso, além de dar dicas de quais aplicativos são mais usados iremos citar opiniões dos participantes do projeto para cada um deles, com o objetivo de te ajudar a escolher qual se encaixa melhor na sua vida.

   SNAPSEED:




O Snapseed é um app muito conhecido por suas ferramentas de edição, que são muito utilizados por vários fotógrafos amadores e profissionais. Possui efeitos, mas seu ponto alto são as ferramentas.

  • Pontos positivos: Inúmeras ferramentas de edição.
  • Pontos negativos: Efeitos básicos.

   VSCOCAM:

  


O VSCOcam é um aplicativo com vários efeitos pré-configurados e algumas ferramentas de edição, muito querido por vários famosos e bloggers/vloggers. Disponivel para Android e IOS.

Pontos positivos: Vários efeitos
Pontos negativos: Efeitos pagos; poucas ferramentas de edição; tira a qualidade de algumas fotos;

   LIGHTROOM:



O lightroom é um ótimo aplicativo para ajustes, podendo ser utilizado de forma grátis por um computador ou dispositivo Android. Ele possui várias ferramentas de edição, além de efeitos prontos para utilizar em suas fotos.

Pontos positivos: Várias ferramentas de edição; disponível em diversas plataformas.

Pontos negativos: No começo, é complicado.

   INSTAGRAM:



Muitos preferem utilizar o próprio Instagram para editar. Esse apresenta um layout de fácil utilização e com vários efeitos.

Pontos positivos: várias ferramentas; praticidade.

Pontos negativos:  efeitos não muito bonitos; perda de qualidade.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

A QUANTIDADE DE SEGUIDORES NÃO SIGNIFICA TALENTO

Quantas vezes você já se sentiu menos talentoso que alguém pelo simples fato de ter menos seguidores do que ele(a)? Aposto que muita gente já se sentiu assim e, por isso, hoje eu vim aqui mostrar a minha (e de muitos outros) opinião sobre o assunto. Vem comigo, contagiador?



Vejo muitos feeds maravilhosos por aí, mas que possuem poucos seguidores, mas por quê?

Atualmente, o tão grande mundo das fotografias no instagram também possui padrões. Alguns estilos de fotos são mais populares e estão ganhando bastante espaço na rede social, conquistando mais seguidores do que feeds que utilizam outros estilos de fotos, que não entram muito nesse padão.


Muito público se volta para esse tipo de foto e quem as produz acaba ganhando mais seguidores, mas isso não significa que são mais talentosos que você, por exemplo.


Cada pessoa produz a foto em que melhor se identifica, tudo feito pensado que é para você, com determinação, fica melhor. Muita coisa interfere em uma boa fotografia, a câmera, a edição, são exemplos disso e, mesmo que não seja tão óbvio, você não precisa seguir um padrão para ter talento.

A quantidade de seguidores de alguém não define se ela é ou não talentosa, ela pode ser simplesmente alguém conhecida ou alguém que caprichou na divulgação, mas pode ter ou não mais talento que você.

Seu talento é definido pelas suas fotografias, por seu amor a ela e, principalmente, por você.